NOME:PROTEINAS TOTAIS E FRACOES
 

CÓDIGO AMB92:28011244
 

SINONÍMIA:Proteínas totais e frações (Albumina e Globulina).
 

SEÇÃO TÉCNICA:Bioquímica
 

MATERIAL:1,0 mL de Soro.
 

PREPARO DO PACIENTE:Jejum de 3 horas. Colher de preferência pela manhã devido ao efeito circadiano. Informar os nomes dos medicamentos em uso nos últimos 30 dias.
 

CONSERVAÇÃO:Refrigerar a amostra. Se o exame não for realizado no mesmo dia, congelar.
 

PRAZO DE ENTREGA:2 dias úteis.
 

MÉTODO:Bioreto; Púrpura de Bromecresol
 

VALORES DE REFERÊNCIA:
Proteínas totais: 6,0 a 8,2 g/dL Albuminas: 3,5 a 5,5 g/dL Globulinas: 2,5 a 3,0 g/dl Relação albumina/globulina: 1,0 a 2,0
 

INTERFERENTES:Lipemia, Hemólise, Hiperbilirrubinemia, uso de corticóides, furosemida, contraceptivos orais, carvedilol e laxativos.
 

INTERPRETAÇÃO:Exame útil na avaliação do estado nutricional e na investigação de edemas. As hipoproteinemias podem ocorrer devido ao defeito de síntese protéica, como ocorre nas hepatopatias e na desnutrição ou devido à perda protéica na síndrome nefrótica e na enteropatia com perda protéica. As hiperproteinemias são encontradas em casos de desidratação, doenças hepáticas, neolplasias, mieloma, macroglobulemia Waldenstron, hanseníase, leishmaniose, doenças granulomatosas, colagenoses. As globulinas podem estar elevadas às custas de suas frações alfa-1, alfa-2, beta ou gama globulina, o que pode ser identificado através de eletroforese de proteínas.
 

EXAMES RELACIONADOS:Eletroforese de proteínas